Meio Ambiente

O DH, órgão da administração direta do governo do Estado de São Paulo, tem atuado no aperfeiçoamento da segurança operacional das vias navegáveis, implanta e fiscaliza obras de melhoria para a eliminação de pontos críticos e de perigo à navegação, com planos de ação emergencial e de combate a incêndios. Com um Centro de Controle Operacional integrado a sistemas de Gestão Ambiental, possibilita a preservação dos ecossistemas aquáticos, atenuando os efeitos de erosão, proliferação de plantas aquáticas e de espécies invasoras, além do controle da poluição química e orgânica da água.  Cooperação entre o DH e Marinha nas atividades de monitoração das operações de transportes de cargas e de fiscalização do cumprimento das normas operacionais na hidrovia visando intensificar a atividade de inspeção naval, especialmente no que se refere a segurança na aproximação e transposição das pontes e obras de engenharia, pelas embarcações de transporte de carga.

Vantagens Comparativas

O modal hidroviário é reconhecido mundialmente como meio de transporte eficiente e mais adequado do ponto de vista econômico, social e ambiental. Vantagens do transporte hidroviário em relação aos modais rodoviário e ferroviário
  • Eficiência energética
  • Capacidade de concentração de cargas
  • Vida útil dos equipamentos e veículos
  •  
  • Consumo de combustível
  • Emissão de poluentes
  • Consumo de espaço
  • Congestionamento de tráfego
  • Custo de infra-estrutura
  • Número de acidentes
  • Custo de operacional
  • Impacto ambiental
  • Emissão de ruído
 
 
15
Consumo de combustível: (litros/1.000 TKU)
16
Eficiência energética: Carga/Potência (T/HP)
17
Emissão de Poluentes

Referência Bibliográfica:
Ministério dos Transportes – 1997
DOT/Maritime Administration e TCL